André Breton
Ano, local de nascimento 1896, França
Ano, local de morte 1966, França
André Breton entrega-se de corpo e alma à poesia desde os anos de liceu. Em 1917, conhece Pierre Reverdy, Guillaume Apollinaire, Philippe Soupault, Louis Aragon e, mais tarde, Paul Éluard e também os pintores Giorgio de Chirico, Francis Picabia e Pablo Picasso. Em 1919, funda a revista Littérature. Interessa-se pelo movimento Dada em Zurique, e convida Tristan Tzara, em 1920, a juntar-se-lhe. A rutura com o dadaístas, em 1923, corresponde ao nascimento do movimento surrealista, em 1924. Breton será o teórico deste movimento. Até à morte, Breton permanecerá no centro de todas as lutas e debates do seu tempo. Sendo principalmente escritor, participa no jogo do cadáver esquisito ou noutros jogos de desenho, na qualidade de amador, sem nunca pretender ser um pintor.
AC

Obras