Femme Attaquée par les Oiseaux
Data 1943
Técnica Óleo sobre madeira
Dimensões 47.8 x 37.5 x 2.5 cm
ID Inventário UID 102-365
365.jpg
De André Masson conhece-se, igualmente, uma gravura de 1945 a ponta-seca e buril, com o mesmo título, Femme attaquée par les oiseaux [Mulher atacada por pássaros], e onde o tema é bastante explícito. Pelo contrário, nesta pintura de 1943, o artista associa a elementos figurativos, como o rosto em cima à direita, outros elementos abstratos. Nestas linhas e cores não figurativas, reconhece-se por fim a forma ou a função dos pássaros, a sua impetuosidade, a violência do ataque, os ferimentos infligidos. Os gestos do pintor correspondem aos movimentos da ação. Cada cor tem uma função simbólica. Esta violência é permanente na obra de Masson, como em Massacres, La Mort du sanglier, L’Enlèvement, Dans la tour du sommeil ou Chevaux attaqués par des poissons [Massacres, A morte do javali, O rapto, Na volta do sono, ou Cavalos ataquados por peixes]. A sua pintura influencia, então, toda uma jovem geração nova-iorquina que irá produzir o chamado expressionismo abstrato, em particular Arshile Gorky e Jackson Pollock, cujo quadro Stenographic Figure [Figura estenográfica], 1942 (Musem of Modern Art, Nova Iorque] se pode equiparar a este Femme attaquée par les oiseaux.
AC
Galleria Sprovieri, Roma; coleção Dr. Armando Scamperle, Roma, coleção Giancarlo Molino, Roma; Galleria Tega, Milão; Muliart Inv. SA, Lugano; adquirido em 1996.