Soft Light Switches 'Ghost' Version
Data 1963
Técnica Liquitex e grafite sobre tela com enchimento, montada em painel de madeira
Dimensões 132.1 x 132.1 x 24.1 cm
ID Inventário UID 102-413
413.jpg
Tendo nascido na Suécia, Claes Oldenburg foi criado nos Estados Unidos a partir de 1934. Estudou arte e literatura em Yale, entre 1946 e 1950, e, em seguida, frequentou a escola do Art Institute of Chicago, de 1952 a 1954, antes de partir para Nova Iorque. Em 1960-61 realiza duas exposições que marcam a época: The Street [A Rua] e The Store [A Loja]. A primeira, The Street, é uma instalação que recria o ambiente urbano, através de objetos em cartão. A segunda é uma loja onde se vendem objetos em gesso que escorrem tinta. Realiza performances e happenings, para «esquecer a noção de arte». A partir de 1962, Oldenburg realiza as conhecidas «esculturas moles», em que toma como ponto de partida objetos do quotidiano. Estas formas moles possuem numerosas identidades que interessam ao artista. Em 1969 afirma: «A principal razão para fazer uma versão mole de um objeto duro reconhecível pode ser (eu penso mais e, assim, é mais) dramatizar ou isolar a condição da moleza. Bem como outras condições, como a reação à gravidade – essa condição sob a qual os objetos, e nós enquanto objetos, enquanto matéria, parecemos existir». A partir da década de 1980, Oldenburg, em conjunto com Coosje van Bruggen, realiza ambiciosos projetos de grandes dimensões.
J-FC
Descendentes do pintor; leilão na Sotheby’s Parke Bernet, Nova Iorque, 6 de novembro de 1979; Galerie Katia Granoff, Paris; Drapper Fine Arts LTD, Lausanne; adquirida em 2003.