Programa de conferências “Desdobramentos do readymade”

Programa de conferências “Desdobramentos do readymade”
24/05/2018
Horário: 
09:00 - 19:00
Conceção: 
Sofia Nunes
Programa de conferências “Desdobramentos do readymade”
24/05/2018
Horário: 
09:00 - 19:00
Conceção: 
Sofia Nunes
Corpo de texto: 

Este programa de conferências procura perspetivar as ruturas artísticas introduzidas pelo readymade duchampiano e as múltiplas “ressonâncias” deste nos desenvolvimentos da arte contemporânea produzida entre 1960 e a atualidade.
Mas estas “ressonâncias”, como lhes chamou Thierry de Duve, valem sobretudo como desdobramentos. Se a pop reconsiderou a questão do objeto à luz de um novo quadro cultural de produção industrializada, e se algum conceptualismo reincidiu sobre a instância institucional da arte, auscultando as suas estruturas de poder; os apropriacionistas, por sua vez, retomaram os problemas do valor de cópia da obra de arte e da autoria através da interrogação dos mecanismos ideológicos envolvidos, quer na circulação e no consumo massificados da imagem, quer na construção do olhar ou da ideia de género.

No momento atual, a estratégia do readymade está integralmente assimilada pelas práticas artísticas e pelos discursos da história e crítica da arte. Contudo, não deixamos de reconhecer que ela participa também da apropriação da matéria digital junto de alguns artistas mais recentes, interessados nas condições de acaso e indeterminação do algoritmo, a par da flutuação global da imagem numérica ou dos processos de vigilância do digital e de recodificação dos comportamentos e subjetividades.

Nestas cinco conferências, propomos refletir sobre as relações, continuidades e deslocações que o readymade mantém com estes momentos particulares da arte contemporânea  sem esquecer de olhar para o ano de 1914, em que um secador de garrafas, apresentado como objeto artístico, mudaria o curso da história da arte, assim como a própria ideia de arte.
 
Programa
09h45. Acreditação
10h15. Abertura
10h30. Antinomias do readymade
             Pedro Lapa (FLUL)
11h30-11h45. Pausa
11h45. Objetualismo, iconografia e sociedade de consumo: uma prática apropriacionista na afirmação da Pop Art
              David Santos (DGPC)
12h45-14h15. Almoço
14h30. Duchamp disse: “isto é uma obra de arte”; Broodthaers disse: “isto não é uma obra de arte”
              Sofia Nunes (FCSH)
15h30. Pictures como readymade
              Susana Lourenço Marques (FBAUP)
16h30-17h00. Pausa
17h00. Os filhos ideias de Duchamp
              Luísa Ribas (FBAUL)
 
Consulte aqui o programa 
 
Obs: a duração de cada conferência será de aproximadamente 40 minutos, acrescendo 15 minutos para perguntas.

 

Organizado pela Revista Contemporânea em parceria com o Museu Coleção Berardo, com curadoria de Sofia Nunes. Entrada gratuita, sujeita ao número de lugares disponíveis.