Visitas para grupos

O programa de educação especial do Museu Coleção Berardo está pensado em dois formatos distinto: a visita-jogo (gratuita, com duração de 1 hora e 30 minutos) e a visita-jogo-oficina (1,50 € por pessoa, com duração de 2h30) e encontra-se dividido em três grandes temas - Corporizar, Sonhar e Manifestar – organizados segundo perspetivas autorais e experimentais, existindo a possibilidade de adaptação a cada grupo especifico, tanto ao nível das dinâmicas como do discurso.

Corporizar
Visitas que exploram os conceitos de «retrato» e de «autorretrato», de «figura» e do «eu», a partir de exercícios performativos e de desenho, nos quais o corpo é convocado como espelho que possibilita reflexões e também como janela para a exploração interior. A projeção de luz e de imagem, a realização de registos gráficos e fotográficos, são algumas das ferramentas lúdico-pedagógicas que serão utilizadas.

Sonhar
Visitas que exploram os sentidos e despertam as sensações, que promovem a experiência do museu de uma forma mais sensorial, através da exploração de objetos e materiais escolhidos especificamente para trabalhar diferentes necessidades.

Manifestar
Visitas que exploram a expressão corporal, a coreografia e a performance. Partindo de temas fraturantes ilustrados pela Coleção Berardo, nomeadamente o corpo, a sexualidade ou a política, estas atividades promovem a reflexão interior a partir do seu invólucro exterior – o corpo, mas suas múltiplas dimensões e manifestações.