No Place Like Home

No Place Like Home
Exposição temporária
Inauguração: 
28 Fev 2018 - 19h
01/03/2018
- 03/06/2018
Piso: 
-1
No Place Like Home
Exposição temporária
Inauguração: 
28 Fev 2018 - 19h
01/03/2018
- 03/06/2018
Piso: 
-1
Corpo de texto: 

 

No Place Like Home 

Uma tábua de engomar torna-se absurda e assustadora, as portas de uma casa são deslocadas, de um copo de cerveja brota uma cauda... Ao alterar o material, a escala e a perspetiva, ou ao empregar a hibridização, a fragmentação e o reposicionamento, os artistas transformam objetos domésticos de modo a alterar a nossa relação com eles e a provocar uma nova reação ao que é familiar.

Os espaços, os objetos e os materiais domésticos foram surgindo cada vez mais como tema e fonte de inspiração nas práticas modernas e contemporâneas. Na transição do objeto funcional para a obra de arte, o objeto doméstico torna-se uma ferramenta na investigação dos papéis dos géneros, do trabalho doméstico, da recolha e do acumular de objetos e num meio de pensar a casa, como o espaço central na formação da família e da memória, da identidade nacional e cultural.

Com origem no Museu de Israel, em 2017, No Place Like Home ganha agora uma nova expressão enquanto colaboração internacional entre Jerusalém e Lisboa. A exposição junta mais de 100 objetos das coleções do Museu de Israel, Museu Coleção Berardo, Coleção Ellipse (Holma/Ellipse), bem como obras de coleções privadas, galerias e artistas de todo o mundo.

No Place Like Home procura saber o que acontece se repusermos um objeto transformado no seu lugar “natural”, numa casa simulada. O tema, a amplitude e a configuração da exposição – bem como o seu catálogo inspirado no IKEA – oferecem-nos uma experiência de uma “casa” que é, ao mesmo tempo, familiar e desconcertante. Nesta exposição, concebida no espírito de um projeto arquitetónico, os visitantes desempenham o papel da família.

Esta exposição celebra o 101.º aniversário da icónica Fonte de Duchamp e o 102.º aniversário do movimento revolucionário Dada. Em cada “divisão”, artistas dos últimos 100 anos são chamados a dialogar. Esta escolha curatorial sublinha o legado espiritual de Dada, desde o readymade à exploração contemporânea da migração, da deslocação e da itinerância do artista numa era de globalização.

Adina Kamien-Kazhdan
Curadora da Exposição

 


No Place Like Home examina a forma como os artistas ao longo dos últimos cem anos, se apropriaram de objetos do quotidiano nas suas obras, transformando e subvertendo as suas funções e significados domésticos.

No Place Like Home foi organizada pelo Museu de Israel, Jerusalém, e comissariada pela Dr.ª Adina Kamien-Kazhdan. Inclui trabalhos de diferentes artistas, de várias gerações e diferentes movimentos, apresentados em salas de museu cuja museografia transformou numa quase casa, que a partir da confrontação com algo novo e inesperado, nos levam a refletir sobre o familiar, o deslocamento e a itinerância dos artistas nas sociedades contemporâneas.

Essa reflexão é, sem dúvida, um dos grandes legados de Marcel Duchamp, artista que aqui pretendemos homenagear.

No Place Like Home reúne mais de 100 trabalhos de artistas como Marcel Duchamp, Man Ray, Claes Oldenburg, Andy Warhol, Louise Bourgeois, Yayoi Kusama, Takashi Murakami, Mona Hatoum, Alina Szapocznikow, entre outros. 

CoproduçãoMuseu de Israel, Jerusalém

A exposição fica patente até 3 de junho de 2018


Audioguias disponíveis.

Folha de Sala da Exposição (PDF 980Kb): 

folha-de-sala-no-place-like-home-pt.pdf

 


Apoio à exposição:

Embaixada de Israel em Portugal

IKEA Portugal

Os Membros IKEA FAMILY têm sempre mais: de 01/03 a 03/06/2018, visite a exposição "No Place Like Home" no Museu Coleção Berardo, e na compra de um bilhete receba outro grátis.

 


AVISO:
Por razões de segurança, o acesso à exposição No Place Like Home poderá ser condicionado a um número máximo de visitantes.
Agradecemos a sua compreensão.

Programa Especial no âmbito da exposição No Place Like Home

 

O Serviço Educativo do Museu Coleção Berardo preparou uma programação especial comemorativa do centenário da obra «Fonte», entre visitas temáticas, cursos, atividades para famílias e oficinas de férias.

Consulte aqui toda a programação. 

 


Imagem / Image: Marcel Duchamp, Fountain, 1917 / editioned replica 1964. © Succession Marcel Duchamp / ADAGP, Paris 2018. Photograph © The Israel Museum, Jerusalem.

 

Texto secundário: 

Datas da programação especial para a exposição No Place Like Home:

Datas da programação especial para a exposição No Place Like Home:

“He CHOSE it, Fonte 1917”  - Visita temática orientada pela Crítica de Arte Sofia Nunes

10 e 24 de março

7 e 21 de abril

12 e 26 de maio

Sábados às 17h30, com marcação prévia

Limite de participantes: 12 (doze) pessoas por visita

 

Visita guiada / Percurso pela exposição No Place Like Home

SÁBADOS E DOMINGOS

16h00 | 16h30 | 17h00

Piso -1

Entrada gratuita sem marcação prévia

Limite de participantes: 20 pessoas por visita

Ponto de encontro: receção do museu

 

Curso "A Semiótica da Cozinha - A Transitoriedade do objeto, de Marcel Duchamp a Martha Rosler”, com orientação dos artistas e investigadores Ana Rito e Hugo Barata.

Total 9h (3 sessões: 5, 12 e 19 de maio, sábados, das 14h30 - 17h30)

 

Apropriações do quotidiano - Atividade contínua

Sábados e domingos das 15h00 – 18h00 de março a 3 de junho

 

Férias de Páscoa:

26 a 29 de março e 2 e 6 de abril das 9h30 às 17h30

 

Famílias:

De pernas para o ar - Atividade de famílias (2-4 anos), domingos, às 11h00

18 de março

22 de abril

27 de maio

 

Está alguém em casa? - Atividade de famílias (2-4 anos), domingos, às 11h00

4 de março

8 de abril

13 de maio

3 de junho

 

A primeira vez no universo do readymade – Atividades de famílias (5-10 anos), domingos, às 15h00

11 de março

15 de abril

20 de maio


Folha de Sala da Exposição (PDF 980Kb):