Bellatrix II
Data 1957
Técnica Óleo sobre tela
Dimensões 194.3 x 129.8 x 3.2 cm
ID Inventário UID 102-588
588.jpg
Esta pintura pertence a um série chamada Noir-Blanc [Preto-branco] (1951-1963) entre as quais figuram as pinturas Lucon (1955), Andrómeda (1955-1958), Citra-négatif (1955-1959), Riu-Kiu (1956), Vega et Eridan (1957) ou Cleo (1958-1961), que Victor Vasarely realiza tanto em preto sobre fundo branco como o inverso. Escreve: «Uma velha lei da física ensina-nos: Branco = o conjunto das cores = luz. Preto = ausência das cores = sombra. Branco e preto = contraste máximo = dualidade positiva e negativa. […] Já disse “preto e branco” para transmitir melhor as obras nos jornais, nas revistas, na televisão, no cinema, informar portanto, com o mínimo de entropia. Mas isto vai mais longe: “preto e branco”, “sim e não”: a obra possível de conceber numa máquina eletrónica» (Vasarely, Nouvelles éditions françaises, Paris, 1978). Inscreve, na parte superior, os dois elementos, o círculo e o quadrado, que vão ser representados. A junção dos círculos – mais ou menos cortados – cria quadrados e «quadrados secundários», uma sequência de pequenas variações que forçam o espectador a «entrar» no jogo proposto pelo pintor. Esta obra é ampliada a partir de um estudo para impressão sobre tecido destinada a uma fábrica de tecidos de seda em Lyon.
AC
Galerie Denise René, Paris; Philippe Dotremont, Bruxelas; adquirido na Christie’s, Londres, 24 de junho de 1993.