A vida e a morte de uma imagem – viagens, vertigens e visões da Coleção Berardo

A vida e a morte de uma imagem – viagens, vertigens e visões da Coleção Berardo
Conceção: 
Hugo Barata
Mínimo: 
5 pax
Máximo: 
25 pax
Preço: 
Visita temática
1,00 €
A vida e a morte de uma imagem – viagens, vertigens e visões da Coleção Berardo
Mínimo: 
5 pax
Máximo: 
25 pax
Preço: 
Visita temática
1,00 €
Corpo de texto: 

A imagem é como uma segunda pele para o homem, mas a visão ocidental possui uma história, e nessa história cada época tem o seu «olhar inconsciente». O nosso olhar começou por ser mágico e passou a ser artístico. O conceito de imagem em si mesma não existe, o seu estatuto foi evoluindo conforme as revoluções técnicas e as crenças coletivas. Mesmo a era da sociedade do espetáculo é agora reequacionada sobre os conceitos de transmedia e dos microprocessadores com ADN. Nesta visita temática iremos abordar algumas destas e outras questões, percebendo que o nascimento de uma imagem está inevitavelmente ligado à nossa própria condição de observadores.

Marcação de visitas e atividades

Todas as atividades requerem marcação prévia.

Marcações de segunda a sexta-feira, das 10h00 às 18h00.
Para uma melhor organização dos nossos serviços, solicitamos que a marcação seja efetuada com pelo menos uma semana de antecedência.

Deverá aguardar confirmação da sua marcação por parte do Serviço Educativo.
Todos os grupos têm de efetuar marcação prévia, independentemente de realizarem ou não visitas ou atividades do Serviço Educativo.

As atividades realizam-se de segunda a domingo, das 10h00 às 17h00.

Formulário de inscrição para:
A vida e a morte de uma imagem – viagens, vertigens e visões da Coleção Berardo
Escolas / Universidades
Universitário

Contactos:

ESCOLAS:

:
A primeira visita realiza-se ás 10h00 e a última ás 17h00