CONVITE | Abertura da exposição Julião Sarmento. Abstracto, Branco, Tóxico e Volátil | 11/05/2022, 17h00-21h00 | Entrada Livre

CONVITE | Abertura da exposição Julião Sarmento. Abstracto, Branco, Tóxico e Volátil | 11/05/2022, 17h00-21h00 | Entrada Livre
11/05/2022
Corpo de texto: 

O Museu Coleção Berardo convida para a abertura da exposição Abstracto, Branco, Tóxico e Volátil, de Julião Sarmento, no dia 11 de maio, quarta-feira, das 17h00 às 21h00, com entrada livre. 

Julião Sarmento (1948–2021) foi um dos artistas portugueses com uma carreira internacional mais solidamente firmada, tendo construído um percurso artístico de enorme coerência, riqueza e intensidade. Em permanente renovação, em estreita ligação com as práticas artísticas da sua época e muito influenciado pela cultura anglo-saxónica e pelos temas e imagens da literatura e do cinema, utilizou uma grande diversidade de meios e técnicas para implantar um vocabulário conciso de imagens ambíguas. A sua obra tem uma dimensão performativa e teatral, acumulativa pela permanente convocação de temas e de representações intemporais — como a mulher, a sexualidade, a transgressão, a memória, a dualidade, a casa, a palavra — que funcionam como eixos estruturantes da sua obra.
A exposição Abstracto, Branco, Tóxico e Volátil reúne uma seleção de obras muito significativa que resultou de uma estreita colaboração do artista com a curadora Catherine David.


Página da exposição


Inauguração: Evento no Facebook



Imagem:
Julião Sarmento, Abstracto, Branco, Tóxico e Volátil, 1997.
Acetato polivinílico, pigmentos e grafite sobre tela de algodão não preparado. 250 x 399 cm.
Museo Extremeño e Iberoamericano de Arte Contemporáneo (Badajoz).
Foto: Archivo fotográfico del Museo Extremeño e Iberoamericano de Arte Contemporáneo